GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS E O MAPEAMENTO DE PROCESSOS CRÍTICOS: UM ESTUDO DE CASO EM UMA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL PRODUTORA DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

Silvia Cristiane Marangoni (smarangoni@yahoo.com.br)
Produção, Universidade Estadual Paulista - Faculdade de Engenharia de Bauru
February, 2010
Full text (external site)
 
Mestre em Engenharia de Produção, pela Unesp de Bauru/SP, possui graduação em Administracao de Empresas - Instituicao Toledo de Ensino e graduação em Ciencias Biologicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho . Atuou como encarregada do setor contabilidade,custos e patrimonio da Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano E Rural de Bauru, professora dos cursos do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza Bauru (Cursos técnicos em Logística,Administração, Segurança do Trabalho,Secretariado, contabilidade Redes de computadores e Informática). Tem experiência na área de Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: meio ambiente, contabilidade, educação, produção, operações logísticas, qualidade, acidentes de trabalho e ergonomia.
 

Abstract

O agronegócio é um ramo de atividades que tem se desenvolvido cada vez mais não só no Brasil como em nível mundial.
Para realização deste trabalho a opção utilizada foi o estudo de caso, cujo objeto de estudo fora uma unidade transformadora de uma agroindústria escola, localizada em uma escola técnica estadual, na cidade de Cabrália Paulista, estado de São Paulo. O objetivo foi diagnosticar os processos que ocorrem na cadeia produtiva interna da unidade transformadora em questão. A coleta dos dados foi realizada através de entrevista semi estruturada, análise documental e observação in loco, tendo o referencial teórico de empresas formais como sustentação.
A análise dos dados fora desenvolvida em função dos dados coletados, em um laboratório, visto que a unidade transformadora se encontra em uma escola, confrontando com o referencial teórico e assim poder determinar ações que devem ocorrer para que a mesma se insira no mercado e concorra com empresas de porte semelhante ao que está classificada. Os pontos que foram abordados principalmente foram a logística, gestão da cadeia de suprimentos, redes de suprimentos, cadeia e rede de valor, processos e mapeamento de processos, segurança alimentar e boas práticas de fabricação.
Para compor a conclusão dos dados pode ser observado que muito há ainda que se melhorar tanto em termos operacionais, físicos e mercadológicos. Principalmente por se tratar de uma unidade transformadora que forma profissionais para o mercado de trabalho e que se preocupa com a qualidade de seus produtos e serviços.