Periodicity.: April - June 2016
e-ISSN......: 2236-269X
Cover Image

Droughts in the Tietê-Paraná waterway: impacts on the direct, indirect and hidden costs in the transportation of soybean.

Rodrigo Carlo Toloi, Moacir Freitas Junior, João Gilberto Mendes dos Reis, Oduvaldo Vendrametto, Pedro Luiz Oliveira Costa Neto

Abstract


Brazil's agricultural economy is growing and increasing productivity. Therefore, it has required transportation systems with high load capacity and lower transportation costs. However, with the drought in the Southeast region of Brazil, the waterway Tietê-Paraná closed since May 2014 generating a loss of more than 30 million last year. Thus, this study investigates the impacts on direct, indirect and hidden costs resulting from this change of route for soy transport. The methodology consists of an exploratory, descriptive and bibliographic research that seeks to raise the main costs. The results show that failing to ensure the production of soybeans by the Tiete-Parana waterway and using the highway transportation costs for waterway users are increased by US$ 37,760,146.86.


Keywords


Logistics; Soy; Waterways; Costs

Full Text:

PDF HTML

References


AMARAL, M. S.; CORDEIRO NETTO, O. M. (2013) Empreendimentos e atividades hidroviários: entraves históricos e questões ambientais. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS, 20, Bento Gonçalvez. Anais... Bento Gonçalvez: ABRH, 2013.

AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS – ANTAQ (2014) Anuário estatístico de 2013: navegação interior. Brasília: ANTAQ, p. 48.

AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS – ANTAQ (2013) Anuário Estatístico Aquaviário: Navegação Interior – cargas, empresas e frota. Brasília: ANTAQ, p. 34.

BRASIL. Ministério dos Transportes (2013). Plano Hidroviário Estratégico – Relatório do Plano Disponível em: http://www.transportes.gov.br-/conteudo/91224 (Acesso em: 12 de out. 2015).

CARVALHO, D. (2009) Desperdício- Custo para todos - Alimentos apodrecem enquanto milhões de pessoas passam fome. Revista Desafios do Desenvolvimento. Ano 6, Ed. 54.

CARVALHO, R. O.; ROBLES, L. T.; ASSUMPÇÃO, M. R. P. A. (2010) Logística Integrada na Prestação de Serviços de Cabotagem: de porto a porto para o porta a port. In: Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais – SIMPOI, 13, São Paulo. Anais... São Paulo: SIMPOI, 2010.

CHOPRA, S.; MEINDL, P. (2011) Gestão da cadeia de suprimentos: estratégia, planejamento e operações. São Paulo: Pearson, p. 536.

DIAS, M. A. P. (2010) Administração de Materiais: uma abordagem logística. São Paulo: Atlas, p. 544.

DUTRA, R. G. (2010) Custos: uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, p. 448.

FOOD, NATIONS, A. O. of the U.; DE LUCIA, M.; ASSENNATO, D. (1994) Agricultural engineering in development : post-harvest operations and management of foodgrains, FAO Agricultural Services Bulletin. Food and Agriculture Organization of the United Nations. Disponível: http://www.fao.org /docrep/t0522e/T0522E04.htm#Post-harvest%20losses. (Acesso em: 12 de out. 2015).

FREITAS, J. B.; SEVERIANO FILHO, C. (2007) Apreciação dos custos ocultos do processo sucroalcooleiro em uma usina de álcool na Paraíba. Revista Gestão Industrial. v. 3, n. 1, p. 52-63.

INSTITUTO DE LOGÍSTICA E SUPPLY CHAIN – ILOS (2014) Panorama Custos Logísticos no Brasil. Rio de Janeiro: ILOS, p. 200.

OLIVA, J. A. B. (2009) Panorama das hidrovias brasileiras, In: Seminário Internacional sobre Hidrovias Brasil – Holanda, 1, Brasilia, Anais... Brasilia: Seminario ANTAQ, 2009.

KUSSANO, M. R.; BATALHA, M. O. (2012) Custos logísticos agroindustriais: avaliação do escoamento da soja em grão do Mato Grosso para o mercado externo. Gestão da Produção. São Carlos, v. 19, n. 3, p. 619-632.

MACHADO, S. T. (2012) Perdas na produção de soja brasileira: uma análise do ponto de vista da estratégia de rede de suprimentos enxuta. Especialização. Curitiba: UFPR.

POMPERMAYER, F. M.; CAMPOS NETO, C. A. S; DE PAULA, J. M. P (2014) Hidrovias no Brasil: perspectiva histórica, custos e institucionalidade. Rio de Janeiro: IPEA, p. 58.

PROTASIO, P. (2009) 15º Fórum da Associação Brasileira de Agribusiness. Agroanalysis – Revista de Agronegócios da FGV, jun. 2009, p. 36-41. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/agroanalysis/article/viewFile/26917/ 25790. (Acesso em: 12 de out. 2015).

REIS, J. G. M.; TOLOI, R. C.; FREITAS, M. J. (2015) Análise da Viabilidade de Custos do Transporte de Soja de Mato Grosso via Hidrovia Tietê Paraná, In: 1º. Encontro Interestadual de Engenharia de Produção, 1, São João da Barra, Anais... São João da Barra: EINEPRO, 2015.

SALOMÃO, R. (2012) Transporte de soja fica mais barato no Brasil pela primeira vez desde 2003, aponta levantamento. Disponível em: http://www.canalrural.com.br /noticias/agricultura/transporte-soja-fica-mais-barato-brasil-pela-primeira-vez-desde-2003-aponta-levantamento-39222. (Acesso em 05 de out. 2015).

SCHNEPF, R. D.; DOHLMAN, E.; BOLLING, C. (2001) Agriculture in Brazil and Argentina: developments and prospects for major field crops. USDA, p. 85.

SILVA, P. C. P.; FILHO, C. S. (2011) Ocorrência de custos ocultos em operações de serviços: insights sobre observação em uma sociedade de economia mista no Brasil, Revista Gestão da Produção, São Carlos, v. 18, n. 3, p. 499-508.

SOUZA, M. A.; ALBERTON, J. R.; MARQUEZAN, L. H. F.; MONTEIRO, R. P. (2011) Fatores de ocorrência de custos ocultos: estudo em uma cooperativa gaúcha agroindustrial de arroz, In: V Congresso da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 5, Vitoria, Anais...Vitoria: ANPCONT, 2011.

TEIXEIRA, P. F. (2010) Desempenho de terminais hidroviários do corredor logístico centro-oeste: um estudo de multicascos. Dissertação (Mestre em Administração). Campo Grande: UFMS.

TOKARSKI, A. (2014) Navegação interior no Brasil e o avanço dos Investimentos públicos e privados, In: 1º Reunião de Câmara Temática de 2014, Brasilia, Anais... Brasilia: Reunião de Câmara Temática de 2014, ANTAQ, 2014.

TOMAZELA, J. M. (2014) No interior, seca quebra safras, para industrias e encalha a hidrovia. Disponível em: http://saopaulo.estadao. com.br/noticias/geral,no-interior-seca-quebra-safras-para-industrias-e-encalha-hidrovia,1542806. (Acesso em 06 de out. 2015).

TREVISAN, K. (2015) Com seca, produtores trocam hidrovia por caminhões e têm prejuízo. Disponível em: http://g1.globo.com/economia/crise-da-agua/noticia/2015 /03/com-hidrovia-fechada-transporte-em-caminhoes-gera-prejuizo-produtores.html. (Acesso em: 07 ago. 2015).

U.S. DEPT. OF AGRICULTURE – USDA. Brazil Transportation Guide. Washington, 2012.

WANKE, P. (2010) Logística e transporte de cargas no Brasil: produtividade e eficiência no Século XXI. São Paulo: Atlas, p. 200.

WORLD WIDE INLAND NAVIGATION NETWORK (2010) SOUTH AMERICA: Us inland waterways. WWINN.ORG. Available em: http://www.wwinn.org/us-inland-waterways. (Acesso em: 01 out. 2015).




DOI: http://dx.doi.org/10.14807/ijmp.v7i2.418

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Refbacks



Copyright (c) 2016

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

LIBRARIES BY

Logo Gaudeamus

Logo INDIANA

Logo CHENG KUNG

Logo UTEP

Logo MOBIUS

Logo UNIVEM

Logo Kennedy

Logo Columbia

Logo UCS

Logo MSG/UFF

Logo OPT

Logo Biblioteca Professor Milton Cabral Moreira

Logo UFL

Logo ULRICHSWEB

Logo UNISA